Em Israel, milhares protestam contra ataque de judeu a parada gay

Comentarios

Multidão se reúne em Tel Aviv contra atos de violência a gays e palestinos



Milhares de pessoas saíram às ruas em diversas cidades de Israel, no sábado, 1º, para protestar contra dois atos graves de intolerância que ocorreram esta semana na região.

Um deles foi o ataque de um judeu ultraortodoxo a manifestantes da Parada do Orgulho Gay de Jerusalém, na quinta-feira, 30. O crime deixou seis feridos, dois deles, em estado grave.

A outra cena de violência ocorreu na madrugada de sexta-feira, 31. Colonos israelenses atearam fogo na casa de uma família palestina na Cisjordânia enquanto ela dormia. Uma criança de um ano e meio morreu queimada e seus pais estão internados com mais de 80% de seus corpos queimados.

Esta ação foi tão violenta que o próprio governo de Israel considerou como um ato terrorista mesmo em se tratando de seus rivais históricos, os palestinos, e está à caça dos criminosos.

últimos estudos postados

A Parábola da Dracma Perdida (Lucas 15:8-10)

A Parábola da Dracma Perdida é uma parábola contada por Jesus registrada no Evangelho de (Lucas  5:8-10). Neste estudo bíblico, veremo...