Morre adolescente esfaqueada durante Parada Gay em Israel

Comentarios




Shira Banki tinha 16 anos e estava entre as seis pessoas feridas na última quinta-feira
Morreu neste domingo a adolescente esfaqueada pelo judeu ultraortodoxo durante a Parada do Orgulho Gay, em Jerusalém. A adolescente Shira Banki tinha 16 anos e estava entre as seis pessoas feridas na última semana pelo extremista religioso. Segundo informações do hospital Hadar Elboim of Hadassah, os órgãos dela serão doados.



Saiba mais
Bebê palestino morre queimado em ataque de colonos israelensesA passeata aconteceu na quinta-feira e o autor dos ataques foi preso logo depois. O colono ultraortodoxo Yishaï Shlissel já havia sido preso por um ataque semelhante em 2005 e tinha sido libertado da prisão há três semanas. A Parada do Orgulho Gay de Jerusalém é pequena se comparada com a de Tel Aviv, mas reuniu 100 mil pessoas neste ano.

Outro caso de brutalidade

Outro caso de brutalidade chocou Israel nesta semana. Um bebê palestino de 18 meses morreu queimado em um incêndio provocado por colonos israelenses. O ataque aconteceu na casa da família, na Cisjordânia ocupada. Os pais e o irmão do bebê ficaram gravemente feridos.



Da oposição israelense até a ONU, passando pelos palestinos, todos denunciaram os atos de violência, que foram possíveis pela "impunidade" de que gozam, segundo várias ONGs, os colonos e outros ativistas de extrema-direita.(Com informações de Agência Estado e AFP)



Ataque gerou pânico durante a passeata na última quinta-feira

compartilhar: Facebook Google+ Twitter
ComentáriosOs comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação



últimos estudos postados

A Parábola da Dracma Perdida (Lucas 15:8-10)

A Parábola da Dracma Perdida é uma parábola contada por Jesus registrada no Evangelho de (Lucas  5:8-10). Neste estudo bíblico, veremo...