Método de Estudo Indutivo(PLENITUDE)06

Comentarios
Plenitude e adoração ______________________________________________06

Método de Estudo Indutivo
Examinemos este método sob três ângulos:
1. O método indutivo se baseia na convicção de que o Espírito Santo ilumina a quem examina as Escrituras com sinceridade, e que a maior parte da Bíblia não é

tão complicada que quem saiba ler não possa entendê-la. Os Judeus da Bereia foram elogiados por examinarem cada dia as escrituras „‟se estas coisas eram assim´´. (At 17:10,11)
2. É obvio, que obras literárias tem „‟partes´´ que se formam no „‟todo´´. Existe uma ordem crescente de partes, de unidades simples e complexas, até se formarem na obra completa.

3. A unidade literária menor, que o Estudo Bíblico Indutivo (EBI) emprega, é a palavra. Organizam-se palavras em frases, frases em períodos, períodos em parágrafos, parágrafos em seções, seções em divisões, e por fim, a obra completa.

Regras Fundamentais de Interpretação
1) Primeira regra – É preciso, o quanto possível, tomar as palavras em seu sentido usual e comum.

Porém, tenha-se sempre presente a verdade de que o sentido usual e comum não equivale sempre ao sentido literal.
Exemplo: Gn 6:12 = A palavra CARNE ( no sentido usual e comum significa pessoa)
A palavra CARNE (no sentido literal significa tecido muscular)
2) Segunda Regra – É de todo necessário tomar as palavras no sentido que indica o conjunto da frase.

Exemplos:
a) FÉ em Gl 1:23 = significa crença, ou seja, doutrina do Evangelho.

FÉ em Rm 14:23 – significa convicção.
b) GRAÇA em Ef 2:8 = significa misericórdia, bondade de Deus

GRAÇA em At 14:3 = significa pregação do Evangelho.
c) CARNE em Ef 2:3 = significa desejos sensuais.

CARNE em I Tm 3:16 = significa forma humana.
CARNE em Gn 6:12 = significa pessoas.
d) MUNDO em Jô 3:16 = significa pessoas.

MUNDO em Sl 24:1 = significa mundo físico.

MUNDO em I Jô 2:15 = significa sistema dominado por Satanás.

últimos estudos postados

A Parábola da Dracma Perdida (Lucas 15:8-10)

A Parábola da Dracma Perdida é uma parábola contada por Jesus registrada no Evangelho de (Lucas  5:8-10). Neste estudo bíblico, veremo...