PARÁBOLAS DE JESUS#10O TESOURO ESCONDIDO E A PÉROLA DE GRANDE VALOR MATEUS 13:44—46

Comentarios


Esse artigo é parte da série "Parábolas de Jesus" e é muito recomendável que o leitor procure conhecer todos os aspectos das verdades contidas nessa série, com aplicações para os nossos dias. No final do artigo você encontrará links para os outros artigos dessa série.

AS PARÁBOLAS DE JESUS

MATEUS 13:44—46 — O TESOURO ESCONDIDO E A PÉROLA DE GRANDE VALOR — SERMÕES 009 E 010

O Tesouro Escondido e a Pérola de Grande Valor

Mateus 13:44 - 46

44 O reino dos céus é semelhante a um tesouro oculto no campo, o qual certo homem, tendo-o achado, escondeu. E, transbordante de alegria, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo.

45 O reino dos céus é também semelhante a um que negocia e procura boas pérolas;

46 e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra.

Introdução

·       Os Evangelhos Sinóticos registram 39 parábolas contadas por Jesus. 

·       As parábolas que estamos estudando hoje — O Tesouro Escondido e a Pérola de Grande Valor — são citadas, exclusivamente, no Evangelho de Mateus. 

·       As duas parábolas fazem uma unidade e estão interligadas pela palavra “também” do verso 45. 

 
·  A   A primeira descreve aquelas pessoas que encontram o Reino de Deus sem estarem, necessariamente, procurando pelo mesmo.


 

·       A segunda descreve aquelas pessoas que estavam buscando e que conseguiram encontrar. 

I. A Parábola do Tesouro Escondido – Mateus 13:44

·       Tesouro escondido! Palavras fascinantes. Quem já não brincou de “Caça ao Tesouro”? 

Ø  Nos dias de Cristo era muito comum, especialmente por causa de guerras, se enterrarem os tesouros familiares e pessoais. 

Ø  Muitas vezes os donos originais fugiam e não mais retornavam para pegar o que era seu. Outras vezes morriam na guerra e seus segredos morriam com eles. 

Ø  Até hoje ouvimos notícias de tesouros encontrados no fundo do mar e em terra firme.


        

Ø  As descobertas em Vérgina na Grécia, e que estão expostas no museu de Tessalônica são, de fato, tesouros sensacionais, como a urna mortuária de Felipe II da MACEDÔNIA, o pai Alexandros, o Grande, que pesa 5,9 toneladas de ouro maciço.  

·       Jesus nos fala de um homem que descobriu um tesouro enterrado em um campo. Este homem foi e vendeu tudo o que possuía para comprar aquele campo. 

·       Jesus nos diz que o Reino de Deus corresponde a uma descoberta deste tipo. A maioria de nós se encontrava nesta categoria. 

·       São diversos os motivos que levam uma pessoa a abrir mão de tudo para abraçar o reino de Deus? 

Libertação do império das trevas:

Colossenses 1:13

Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor.

O Reino de Deus é caracterizado por justiça, paz e alegria no Espírito Santo:

Romanos 14:17

Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. 

O Reino de Deus é inabalável – Hebreus 12:28—29

28 Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor;

29 porque o nosso Deus é fogo consumidor.


Deus prometeu que seria encontrado por pessoas que não o estavam procurando:

Isaías 65:1

Fui buscado pelos que não perguntavam por mim; fui achado por aqueles que não me buscavam; a um povo que não se chamava do meu nome, eu disse: Eis-me aqui, eis-me aqui.

Romanos 10:20

E Isaías a mais se atreve e diz: Fui achado pelos que não me procuravam, revelei-me aos que não perguntavam por mim.

II. A Parábola da Pérola de Grande Valor – Mateus 13:45—46.

·       Pérolas no mundo antigo correspondiam aos diamantes dos dias de hoje: 

Ø  Imperadores Romanos costumavam dissolver pérolas em vinagre e beber aquele conteúdo misturado ao vinho para demonstrar riqueza!

Ø  Esposas de imperadores costumavam se cobrir de pérolas para indicar fortuna.


Ø  Este é o motivo do comentário de Paulo em: 

v 1 Timóteo 2:9 — Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso.

·       Ao contrário da parábola do tesouro escondido, a parábola da pérola nos fala de uma pessoa que está procurando algo. 

·       O NT nos fala de várias pessoas que estavam buscando a Deus quando, finalmente o encontraram: 

1.  O Eunuco Etíope –

Atos 8:26—38.

26 Um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Dispõe-te e vai para o lado do Sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza; este se acha deserto. Ele se levantou e foi.

27 Eis que um etíope, eunuco, alto oficial de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todo o seu tesouro, que viera adorar em Jerusalém,

28 estava de volta e, assentado no seu carro, vinha lendo o profeta Isaías.

29 Então, disse o Espírito a Filipe: Aproxima-te desse carro e acompanha-o.

30 Correndo Filipe, ouviu-o ler o profeta Isaías e perguntou: Compreendes o que vens lendo?

31 Ele respondeu: Como poderei entender, se alguém não me explicar? E convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele.

32 Ora, a passagem da Escritura que estava lendo era esta: Foi levado como ovelha ao matadouro; e, como um cordeiro mudo perante o seu tosquiador, assim ele não abriu a boca.

33 Na sua humilhação, lhe negaram justiça; quem lhe poderá descrever a geração? Porque da terra a sua vida é tirada.

34 Então, o eunuco disse a Filipe: Peço-te que me expliques a quem se refere o profeta. Fala de si mesmo ou de algum outro?

35  Então, Filipe explicou; e, começando por esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a Jesus.

36 Seguindo eles caminho fora, chegando a certo lugar onde havia água, disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que seja eu batizado?

37 Filipe respondeu: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.

38 Então, mandou parar o carro, ambos desceram à água, e Filipe batizou o eunuco. 

·       Sua viagem até Jerusalém e sua leitura do profeta Isaías indicam sua busca. 

·       Seu desejo de ser imediatamente batizado indica o valor que ele colocava na salvação oferecida em Cristo. 

2.  O Centurião Romano Cornélio

Atos 10:1— 8 e 30—33

1 Morava em Cesaréia um homem de nome Cornélio, centurião da coorte chamada Italiana,

2 piedoso e temente a Deus com toda a sua casa e que fazia muitas esmolas ao povo e, de contínuo, orava a Deus.

3 Esse homem observou claramente durante uma visão, cerca da hora nona do dia, um anjo de Deus que se aproximou dele e lhe disse:

4 Cornélio! Este, fixando nele os olhos e possuído de temor, perguntou: Que é, Senhor? E o anjo lhe disse: As tuas orações e as tuas esmolas subiram para memória diante de Deus.

5 Agora, envia mensageiros a Jope e manda chamar Simão, que tem por sobrenome Pedro.

6 Ele está hospedado com Simão, curtidor, cuja residência está situada à beira-mar.

7 Logo que se retirou o anjo que lhe falava, chamou dois dos seus domésticos e um soldado piedoso dos que estavam a seu serviço

8 e, havendo-lhes contado tudo, enviou-os a Jope.

9 No dia seguinte, indo eles de caminho e estando já perto da cidade, subiu Pedro ao eirado, por volta da hora sexta, a fim de orar.

10 Estando com fome, quis comer; mas, enquanto lhe preparavam a comida, sobreveio-lhe um êxtase.

·       Suas orações e esmolas eram um indicativo de que ele desejava a justiça. 

·       Deus honrou a atitude de coração de Cornélio e enviou a Pedro para lhe anunciar o evangelho. 

3.  A Comerciante de Púrpura Lídia

Atos 16:11—15

11 Tendo, pois, navegado de Trôade, seguimos em direitura a Samotrácia, no dia seguinte, a Neápolis

12 e dali, a Filipos, cidade da Macedônia, primeira do distrito e colônia. Nesta cidade, permanecemos alguns dias.

13 No sábado, saímos da cidade para junto do rio, onde nos pareceu haver um lugar de oração; e, assentando-nos, falamos às mulheres que para ali tinham concorrido.

14 Certa mulher, chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o Senhor lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia.

15 Depois de ser batizada, ela e toda a sua casa, nos rogou, dizendo: Se julgais que eu sou fiel ao Senhor, entrai em minha casa e aí ficai. E nos constrangeu a isso.

·       Sua atitude de se reunir com outras mulheres para oração é um indicativo da sua busca. 

·       Ouviu o evangelho através do apóstolo Paulo e logo ela e sua casa foram batizados. 

·       Algumas pessoas não se dão conta do valor do Reino de Deus e buscam a felicidade em bens materiais. Deixemos que o pregador — provavelmente Salomão — nos ensine a verdade sobre bens materiais:

Ø  Eclesiastes 2:4—11 — 4 Empreendi grandes obras; edifiquei para mim casas; plantei para mim vinhas.

Ø  5 Fiz jardins e pomares para mim e nestes plantei árvores frutíferas de toda espécie.

Ø  6 Fiz para mim açudes, para regar com eles o bosque em que reverdeciam as árvores.

Ø  7 Comprei servos e servas e tive servos nascidos em casa; também possuí bois e ovelhas, mais do que possuíram todos os que antes de mim viveram em Jerusalém.

Ø  8 Amontoei também para mim prata e ouro e tesouros de reis e de províncias; provi-me de cantores e cantoras e das delícias dos filhos dos homens: mulheres e mulheres.

Ø  9 Engrandeci-me e sobrepujei a todos os que viveram antes de mim em Jerusalém; perseverou também comigo a minha sabedoria.

Ø  10 Tudo quanto desejaram os meus olhos não lhes neguei, nem privei o coração de alegria alguma, pois eu me alegrava com todas as minhas fadigas, e isso era a recompensa de todas elas.

Ø  11 Considerei todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também o trabalho que eu, com fadigas, havia feito; e eis que tudo era vaidade e correr atrás do vento, e nenhum proveito havia debaixo do sol. 

4. O Apóstolo Paulo é um bom exemplo de quem sacrificou tudo pelo Reino de Deus

Filipenses 3:2—11

3 Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo.

4 Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros.

5 Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,

6 pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus;

7 antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana,

8 a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.

9 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome,

10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra,

11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.

Conclusão:

1. O Reino de Deus vale a pena o sacrifício?

2. O Senhor Jesus disse: Então, Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos e te seguimos. Tornou Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos por amor de mim e por amor do evangelho, que não receba, já no presente, o cêntuplo de casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições; e, no mundo por vir, a vida eterna – Marcos 10 28—30.

3. Quem conhece bem os irmãos dessa Igreja sabe que estas palavras são verdadeiras.

4. Paulo fala das “insondáveis riquezas de Cristo”

Efésios 3:8

A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo

Efésios 3:19—20

19 E conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.

20 Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós.

5. Paulo ainda fala da “riqueza da glória da sua herança nos santos”

Efésios 1:18

Iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos.


OUTRAS PARÁBOLAS DE JESUS PODEM SER ENCONTRADAS NOS LINKS ABAIXO:

últimos estudos postados

A Parábola da Dracma Perdida (Lucas 15:8-10)

A Parábola da Dracma Perdida é uma parábola contada por Jesus registrada no Evangelho de (Lucas  5:8-10). Neste estudo bíblico, veremo...