PARTE 1-Como se vai conformando o caráter(continuação)

Comentarios
Formação do Caráter ________________________________________________________________ 3

Como se vai conformando o caráter

Uma mesma ação reiterada por um indivíduo, uma, duas, dez, cem vezes se torna um hábito. Se esse hábito tem que ver com a conduta moral chega a cristalizar-se em um traço definido de caráter. Esses traços de caráter podem ser positivos ou negativos, ou seja, podem ser virtudes morais tais como a sinceridade, a amabilidade, a humildade, a generosidade, etc ; ou defeitos morais tais como a falsidade, a ira, a soberba, o egoísmo, etc.
É óbvio que muitos destes traços vão se forjando desde a infância.
Ações x 10, 20, 100 = Hábito = Traço de caráter
Traço + traço + traço + ... + traço = Caráter
Desta forma no princípio a conduta forja o caráter, e uma vez forjado o caráter, este naturalmente condiciona a conduta.
Conduta → Caráter → Conduta
A influência do lar e da sociedade na formação do caráter
Antigamente a casa era o centro da formação integral dos filhos. Ali aprendiam a falar, a comportar-se, a trabalhar, a ler e a escrever (se é que os pais sabiam). Geralmente o pai ensinava para os homens o seu ofício. As meninas aprendiam em casa as habilidades da mãe. Os pais cristãos ensinavam a seus filhos a fé, oração, os bons costumes e as virtudes cristãs. Havia muito espaço e tempo para o ajuntamento familiar. Antes da era da energia elétrica e da revolução industrial, ao anoitecer cessavam as atividades, a família se reunia em torno do lugar de alguma lâmpada para jantar e conversar. No tinham para onde ir, nem com quem sair. Os pais eram quase os únicos educadores de seus filhos. Havia pouca influência externa na formação dos filhos . Além do mais a sociedade daquela época era muito mais homogênea que a atual.
Hoje, o contraste é muito grande. As exigências da sociedade moderna e a distorcida mentalidade governante quase tem forçado as mães a abandonar seus filhos desde bebês em mãos de babás ou creches ; e logo expor a seus filhos a agressiva influência externa desde os 3 anos em jardins de infância, para seguir logo recebendo na escola pública a influência de companheiros que vem de lares muitas vezes destruídos e sem valores morais.
Por outro lado, a maioria dos pais nem sequer aproveitam o pouco tempo da convivência com os filhos para ocupar-se construtivamente com eles. A TV domina a cena familiar roubando com seus perniciosos e aprisionantes programas o valioso tempo que se deveria dedicar a comunicação e edificação familiar.
A responsabilidade da igreja
Ante este quadro se requer um forte e decidida dedicação dos pais na formação do caráter dos filhos ; mas dada a grande deficiência atual dos pais é responsabilidade da igreja ajudar a reverter esta situação, é claro dentro das difíceis condições da sociedade atual.

justamente esta a razão de ser do presente estudo, o compartilhar com cada um de vocês aquelas ferramentas espirituais que nos darão segurança, e que serão de grande ajuda na formação do seu próprio caráter, para que por sua vez, você possa ajudar a outros, sejam seus filhos ou seus irmãos na fé.

Caros leitores, depois de ler o Conteúdo, forneça comentários construtivos. Sua opinião é muito mais valiosa para o Site. Obrigado.

últimos estudos postados

A Parábola da Dracma Perdida (Lucas 15:8-10)

A Parábola da Dracma Perdida é uma parábola contada por Jesus registrada no Evangelho de (Lucas  5:8-10). Neste estudo bíblico, veremo...